Documentários


A Rota da Escravidão

R$29,99

Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$99,00
Entregas para o CEP:

Frete grátis a partir de R$99,00

Compartilhar:

Esta é a história de um mundo cujos territórios e fronteiras foram construídos pelo tráfico de escravos. Um mundo onde a violência, a subjugação e o lucro impunham os caminhos. A história da escravidão não começou nos campos de algodão. É uma tragédia muito mais antiga que vem acontecendo desde os primórdios da humanidade. A partir do século VII, e por mais de 1.200 anos, a África foi o epicentro de um gigantesco trânsito de seres humanos atravessando todo o globo. Mais de 20 milhões de africanos foram deportados, vendidos e escravizados. Esse fato levanta uma questão fundamental: como e por que a África virou o coração das rotas da escravidão?

 

EPISÓDIOS

Episódio 1 - 476 - 1375: Além do Deserto
476 dC, Roma entra em colapso sob a pressão de invasões bárbaras. Nas ruínas do Império Romano, os árabes estão construindo um novo império que se estende desde as margens do Indo até o sul do Saara. Entre a África e o Oriente Médio, uma imensa rede de comércio de escravos está sendo forjada.

 

Episódio 2 - 1375 - 1620: Por Todo o Ouro do Mundo
Ao final da Idade Média a Europa descobriu a principal área de geração de riqueza do planeta: a África. Os primeiros a explorarem o continente foram os portugueses, que voltaram não só com o ouro da região, mas também com milhares de nativos para vender como escravos na Europa. Eles estabeleceram as primeiras colônias inteiramente povoadas por escravos. Ao largo da costa do Gabão, a Ilha de São Tomé tornou-se o “campo de testes” para o sistema de exploração mais rentável da época: as plantações.

 

Episódio 3 - 1620-1789: Do Açúcar à Revolta 
Século XVII: o Atlântico tornou-se o campo de batalha da guerra açucareira. Franceses, ingleses, holandeses e espanhóis lutavam pelo Caribe para cultivar cana-de-açúcar. Para satisfazer seus sonhos de fortuna, os reinos europeus abriram novas rotas de escravidão entre a África e as ilhas do Novo Mundo. Com a cumplicidade de bancos e seguradoras, eles industrializaram seus métodos e elevaram o número de deportações de negros a níveis sem precedentes. Presos, quase 7 milhões de africanos foram jogados num gigantesco furacão de violência.

 

Episódio 4 - 1789-1888: Novas Fronteiras da Escravidão
Em Londres, Paris e Washington, o movimento abolicionista ganhou força. Após a rebelião de escravos em Santo Domingo, e enfrentando a crescente indignação da opinião pública, as principais potências européias aboliram o comércio transatlântico em 1807. No entanto, a Europa, no meio da revolução industrial, não poderia prescindir da força de trabalho escrava. Alargaram, assim, ainda mais as fronteiras da escravidão e fizeram vista grossa às novas formas de exploração humana no Brasil, nos Estados Unidos e na África.

 

Título Original: Les Routes De L'Esclavage
País: França
Ano: 2018
Episódios: 4
Mídias: 2 DVDs
Duração: 50 minutos por episódio
Áudio: Francês
Legendas: Português